Os imbecis venceram.


O assunto ainda é o Seu Jorge, mas dessa vez foi o próprio artista que se manifestou, e por isso eu achei válido colocar o link da entrevista dele aqui no blog, pois foi aqui que tudo começou.
Gostaria de ressaltar apenas um trecho da entrevista: "Deixei claro que não gostei. Fiz de propósito. No Rio, nessa configuração, na Lapa, só toco em 2022. Posso tocar em Vila Isabel, Padre Miguel, Nova Iguaçu. Mas nessa configuração, só em 2022. Porque o garoto de 12 anos terá 22. O público vai ter renovado."
É por isso que o tema da matéria é "Os imbecis venceram", já que infelizmente, as pessoas que vaiaram e que falaram besteira, conseguiram deixar o artista chateado a tal ponto, do mesmo não querer mais cantar no local.
Pois é, nem sempre os imbecis vencem, mas nesse caso específico, eles conseguiram.
Segue o link da entrevista: http://revistaepoca.globo.com/cultura/noticia/2012/11/seu-jorge-na-lapa-so-toco-de-novo-em-2022.html

1 comentários:

mariana disse...

Achei muito boa a repercussão do teu texto, Bruno. Porque a intenção é essa: discutir, trocar ideias, refletir e tirar a cabeça do conforto a que alguns se acostumaram. Fico muito decepcionada com atitudes como essa perante qualquer pessoa, não só com o Seu Jorge, porque é o mais puro desrespeito e ser humano algum merece tal atitude. Concordo com a maioria das tuas colocações nestes três ports sobre a decadência humana, só acho que tu te equivoca no momento em que critica aqueles que foram ao show sem conhecer de fato a carreira do Seu Jorge. O que se faz com o dinheiro, suado ou não, conseguido pelas pessoas lhes dá o direito de gastar com o que querem, e além disso por que alguém que acabou de conhecer o Seu Jorge não pode estar presente no show? Entendo que tu te referes somente àqueles que vaiaram, mas cuida nas generalizações, tu acaba perdendo a razão, já que quem te garante que os que vaiaram são esses 'novos fãs'? Não há justificativas coerentes para o que aconteceu com o Seu Jorge, mas acredito que em qualquer show todo o público é bem-vindo, independente se o conhecimento sobre o artista veio ontem ou há vinte anos. Enfim, só quero terminar dizendo que continua debatendo, continua escrevendo aqui, é muito bom saber que o teu blog pode incitar o 'sentimento crítico' das pessoas.

Postar um comentário