Dónde estás la revolución?


Para onde está caminhando
Toda essa gente
Com cara de demente,
E pensamentos inconsequentes?

A rua está sombria e apagada,
E ao longe não se avista mais nada,
Sequer uma luz foscamente desalentada,
Mas eles insistem em caminhar
Por esse percurso torpe e indecente.

Procuram incessantemente
Pelo propósito reluzente
Que não brilha sequer
Diante da visão mais pura e indulgente.

Eis o problema:
A busca é descabida e incoerente.
Os que acenam bandeiras brancas
São os mesmos que promovem
As guerras desse mundo imprudente.

Mais uma vez eu pergunto:
Para onde está caminhando
Toda essa gente de propósito já inclemente?

Multidão incoerente!
Gente que passa por cima de gente
Por se achar onipotente!

Mas cadê ele?
É, ele mesmo;
O sujeito com a faixa transversal
Verde e amarela no peito
Que alguns chamam de presidente.

Estou farto de discursos incondizentes.
Não quero mais ouvir falácias
Infames e inconvenientes.
Não quero mais ver o miserável
Migrar para a pobreza
Enquanto o rico enriquece
Na velocidade da luz
À custa de um povo desprovido de nobreza.

Quero ação,
Passeatas em prol da reação,
Faixas gigantescas com escritos
De abaixo a repressão.
Quero um Che em cada esquina
Gritando
Viva la revolución!Mas creio que morrerei
Sem vivenciar tal situação.

Onde estão as mentes pensantes
Do século passado?
Aquelas mesmas que pareciam-me mais coerentes
Do que as cabeças acéfalas do tempo presente.

Onde estão os jovens dessa nação?
Aqueles que se diziam revolucionários
E que em outros tempos lutavam
Por uma pseudo-libertação.

De certo envelheceram,
E perderam o nobre
corazón.
Por isso mais uma vez eu pergunto:
Para onde vai toda essa gente?
E dónde estás la revolución?
BrunoricO.

3 comentários:

Mardonio disse...

Boa mano,gostei da poesia..

Infelizmente aqui nessa terra chamada Brasil, não se vive uma revolução, não se tem mudanças sociais em grande escala, são poucos os que se sobresai e mantem projeto de cunho social. Temos ai chamada responsabilidade social por parte das empresas que acho uma grande hipocresia, só cumprem a lei mesmo, para serem bem vista na sociedade e ganhar credibilidade porque ajuda tal instituição social.

Mais vamos que vamos. Primeiro mudar a si mesmo, depois tentar o "mundo"

Bração parceiro
Fica na fé

Ahh... Line. fuego. disse...

Que ótima criação querido...

vato cria das ruas... disse...

muitu boa mano
enquantu ela nu vem viva la revolucion pessoal dos q não se entregam no dia a dia né não
simpre na sintonia paz....

Postar um comentário