O sábio que vivia só.

Não vejo melhor companhia do que a minha.
Não sou egocêntrico, sou sincero.
Pessoas hipócritas
Me cercam dizendo inverdades,
Não gosto disso.
Eu sei quem sou.
Eu não minto pra mim mesmo;
Aproveitando o ensejo:
O pior ser - humano é o que mente para si mesmo.

Eu gosto de cultura,
E as pessoas gostam de ver as novelas
Que estampam as telas.
Eu penso,
As pessoas seguem pensamentos alheios.
Eu faço minhas pegadas,
As pessoas caminham pelas já existentes.
Eu decifro o que as pessoas querem decifrado.
Eu faço o meu destino
Enquanto a maioria acredita em destino traçado.
Eu falo de revolução, as pessoas não tem ação.

Eu não consigo viver com essas pessoas,
Prefiro conversar com o espelho.
No meio de estranhos
De estranhos hábitos eu fico só,
É melhor pra mim.
No meio da multidão eu mutilo a fala.
De nada adianta falar se não há ouvintes.
De nada adianta a multidão
Se a união não faz a força.
De nada adianta a visão
Se não existe a percepção.

Só me resta a mim mesmo.
E comigo mesmo eu me entendo.
E se não me entenderem eu não me importo.
Até porque além de mim, eu não entendo ninguém.
Viver só e andar feliz é saber viver.
Pois solidão nem sempre é tristeza,
Às vezes é sabedoria.
BrunoricO.

2 comentários:

moyses cria da rua...no planeta das tretas .. disse...

e de sua autoria mano?
me endentifiquei loko loko............

devaneadora disse...

Aí alguns viriam e falariam que você é diferente, que é louco, mas mau sabem eles que louco e diferente é esse mundo forjado. Onde pessoas agem por manipulação se espelham em outras e figem ser felizes, essa sociedade que sufoca o ser unico das pessoas. Mas é bom ver que poucos conseguem, como você, viver por si só e mesmo não havendo multidão ti ouvindo ou pessoas fugindo dessa epidemia monotona os poucos que existem já fazem uma certa diferença. Porque o melhor da vida é saber vive-la com personalidade, com a essencia que cada tem em individual e assim fazer valer a pena caminhar por aí! Gostei do texto e do blog, me identifiquei com o texto por não consiguir socializar e fingir que tudo é lindo. "Pois solidão nem sempre é tristeza, ás vezes é sabedoria." - só quem se isola sabe o preço que isso tem!
=D

Beijos.

Postar um comentário